12 Regrinhas básicas para não errar na hora de se vestir

 

 

1. Buscar roupas que respeitem o formato do seu corpo.

Para isso é necessário que você o conheça bem. Tente identifica-lo na lista abaixo:

 

Retângulo: As medidas dos ombros e dos quadris são as mesmas e a cintura é reta, podendo ser, no máximo, 5 cm menor do que o busto e 10 cm menor que os quadris.

Ampulheta: As medidas do busto e do quadril são as mesmas, com uma diferença de, no máximo, 5 cm e com a cintura mais fina.

Triângulo invertido: A medida dos ombros ou dos seios é maior do que a dos quadris. A medida do busto é até 10 cm maior do que da cintura.

Oval: A medida da cintura é maior do que a dos ombros e dos quadris que são iguais. O volume concentrado está na região abdominal que pode ser até 10 cm maior.

Triângulo: O quadril é a parte mais larga do corpo.

 

Nem tudo que cai bem em um formato de corpo, cai bem em outro.

Existem tipos de roupas que vão cair melhor nas bem magrinhas,

outras nas gordinhas, outras nas malhadas com pernas e bumbuns

definidos... O mais importante é você respeitar o formato do seu corpo

e descobrir o que cai bem em você e não se deixar levar pela moda e

pelo que vê a atriz da novela das oito usando.

 

 

 

2. Vestir o tamanho certo (nem mais, nem menos).

Não se prenda a numeração, mas sim ao tamanho e caimento. Alguns fabricantes tem fôrmas menores que outros e isso vai refletir no seu corpo. Se você veste 42, não fique deprimida em vestir uma calça 44 ou 46 se elas ficarem melhores em você pois ninguém verá a etiqueta por dentro, mas sim o caimento da peça no seu corpo. Isso não significa que você engordou, apenas que o formato daquele fabricante é menor do que o normal.

Outra coisa: Roupa apertada demais com as gordurinhas desesperadas saltando para fora dela... é simplesmente horrível! Não cometa esse desatino!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Valorize o que tem de mais bonito no seu corpo e disfarce as imperfeições ou aquilo que te desagrada.

A peça mais forte do look deve ser usada na parte do seu corpo que você considere mais bonito, pois será o ponto que chamará a atenção dos olhares alheios. Para as partes do seu corpo que não te agradam, existem várias técnicas de disfarça-las, a fim de equilibrar todo o conjunto. 

Meninas, barriguinha de fora somente para as mulheres com abdômen sequinho. Mesmo que você tenha um piercing lindo no umbigo para mostrar, se não estiver totalmente em forma, deixe para mostrá-lo na praia... fica a dica!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4. Cuidado com os decotes.

Um decote mal colocado pode arruinar o seu look! Para não errar, não exagere nele pois pode correr o risco de parecer vulgar em vez de sexy.

 

- As mulheres que têm bustos pequenos podem usar diversos tipos de decotes, porém sempre tomando cuidado para não achatá-los demais e eles parecerem menores do que realmente são;

- As mulheres com bustos tamanho médio podem abusar dos decotes e apostar, em particular dos decotes V, redondo, canoa ou tomara-que-caia;

- Já as mulheres com bustos avantajados precisam ter um enorme cuidado na escolha do decote, uma vez que os bustos são a parte do corpo que mais chamam atenção. Os decotes mais indicados são os V (não podem ser muito profundos senão fica vulgar), redondo profundo e quadrado (mais profundo). Tomara-que-caia deve ter uma boa estrutura para sustentar bem o busto, senão... deixe-o de lado! Corra dos: redondos e quadrados próximos ao pescoço, da frente única, da gola alta e de um ombro só: esses decotes vão fazer o busto parecer maior do que ele é.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5. Se vestir de acordo com a sua idade.

Mulher madura com roupas muito joviais tende a ficar vulgar ao invés de elegante e sexy. Roupinhas apertadas e curtinhas não caem bem para mulheres acima dos 50. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6. Se vestir de acordo com a ocasião, local e horário.

Procure sempre saber que estilo de traje deve usar quando for a determinado evento e fique ligada no horário. Em geral, eventos matutinos pedem roupas mais leves, claras e sem brilho; Eventos vespertinos já permitem um certo brilho no visual; Já nos eventos noturnos você pode se jogar no brilho e em looks mais ousados e escuros. Fique atenta também no local do evento, pois há lugares que pedem trajes mais conservadores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7. Justo embaixo, largo em cima; Largo embaixo, justo em cima.

Se você usar as duas partes muito justas, vai correr o risco de ficar vulgar e sem estilo. Se você não for bem magrinha então... não faça isso! Caso queira muito, use uma peça mais larga sobrepondo a camisa, como, por exemplo, um cardigã mais soltinho.

Ao contrário, se combinar as duas peças mais folgadas, vai parecer mais gorda e desleixada. Só use essa combinação, se for colocar um cinto ou uma faixa para modelar a cintura, caso contrário... não!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8. Não deixe sua lingerie aparecer!!!

Só permita isso acontecer se ela for compor a roupa de alguma forma e se você tiver muita certeza do que estiver fazendo, caso contrário... corra disso!!! Lingerie aparecendo pode torna-la vulgar e/ou desleixada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

9. Evite mais de 3 cores no visual, sendo que 2 delas devem ser neutras. Dessa forma, dificilmente você vai errar.

A menos que você tenha muita segurança em moda ou no seu estilo próprio, siga a regra das 3 cores que você dificilmente errará.

 

Escolha 2 cores neutras e uma mais forte para dar vida ao seu look. Muitas pessoas dizem que cores neutras não entram na conta das 3 cores, porém eu discordo. Não é porque são neutras que você pode colocar uma camisa branca, uma calça cinza, um sapato bege e um cinto preto e pensar que está abafando... E o pior: achar que ainda pode acrescentar mais 3 cores a esse look! Aff... ninguém merece!!!

 

Se você for mais ousada, pode optar por adicionar mais uma cor forte ao modelito, desde que uma cor seja Análoga a outra. Não tente combinar cores Complementares. Embora tenham este nome, dificilmente se “complementam” em um look. Deixe essa difícil combinação para os especialistas em moda.

 

Apesar de o preto combinar com quase todas as cores, ele não cai bem com o azul marinho nem com o marrom escuro; fuja dessa combinação para não errar.

Outra combinação que não agrada a muitos é o rosa e o vermelho em um mesmo look. Sugiro evitar para não errar.

 

Lembre-se que os acessórios e a maquiagem fazem parte do look final, portanto as cores escolhidas devem entrar na conta. A cor forte para dar “vida” ao look pode ser adicionada na make, pois fica lindíssimo e elegante.

 

*Cores análogas são aquelas que estão lado a lado na palheta de cores.

*Cores complementares são aquelas que estão opostas na palheta de cores (vermelho e verde; azul e laranja; amarelo e roxo)

*Cores neutras: branco, cinza, preto, marrom, castanho e bege

*Cores primárias: vermelho, amarelo e azul

*Cores secundárias são combinações de duas cores primárias: laranja, roxo e verde

*Cores terciárias: são combinações de uma cor primária e uma secundária

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

10. Não permitir excesso de informação.

Lembre-se: "Menos é mais"! Se você pensar assim na hora de montar o seu look, dificilmente vai errar. Um visual com muita informação fica poluído e sem estilo. Quando for combinar os acessórios, lembre-se que você não quer parecer uma árvore de Natal, portanto pense bem antes de combinar peças grandes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

11. Usar apenas 1 peça forte para não brigar com a outra.

Existem algumas regrinhas básicas que nos ajudam na hora de combinar peças do nosso guarda-roupas e elas podem ser quebradas apenas se você tiver muita segurança no que está fazendo para não errar.

- Não use mais de uma peça estampada;

- Se for usar um brinco grande, não use cordão ou, se usar, escolha um fino;

- Se for usar um maxi-colar, opte por um brinquinho pequeno;

- Chame atenção para uma peça de cada vez (ex.: blusa, lenço, calça, sapato, biju...), assim não corre o risco de ficar "cafona".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

12. Cabelo e maquiagem fazem toda a diferença.

Você pode montar o look mais lindo do mundo, mas se estiver com o cabelo desgrenhado e/ou com a maquiagem mal feita... Pode ter certeza que o seu visual estará comprometido!